1 de ago de 2013

A maior das qualidades


Não me julgue por meu entusiasmo e sim pelo brilho dos meus olhos
Não podes minha alegria antes de eu ser capaz de suspirar pela segunda vez
Se não queres compreender como é importante para mim, ao menos tente refletir por que eu vejo um lado bom
Deixe tua sensibilidade perceber aquilo que é intrínseco à minha personalidade
Ouve-me com os ouvidos da boa-vontade
Não me atinja com a tua falta de cortesia
Não me cortes com o fio de tua impaciência
Pois é assim conseguirás ver lá no fundo da minha alma e ser digno do meu respeito

A resiliência deve ser teu cartão de visita, e não apenas esse rostinho bonito que tens aí.