24 de jul de 2009

VIAGENS

Desta vez, longe de posicionar-me sobre este assunto, reproduzo o texto abaixo mais como um interessante jogo de palavras e comparações.


Por Ordem dos Viajantes da Cannabis Sativa,
o Turismo de Aventura foi substituído
pelo Turismo de Idéias Abstratas.

Pacotes de viagem com roteiros criativos,
inclusos óculos escuros para os de primeira classe
e colírio para a moçada do econômico.



Lou Bertoni, extraído do Livro da Tribo,
de Décio de Mello e Regina Garbellini

20 de jul de 2009

Ação do Rotary Club de Porto Alegre - Moinhos de Vento




Dia 18/07/09 foi o dia que os companheiros do Rotary Club de Porto Alegre - Moinhos de Vento escolheram para libertar os agasalhos no Pátio Ivo Rizzo, localizado na Rua Olavo Barreto Viana, esquina com a Padre Chagas. A iniciativa foi do clube, em parceria com a Ivo Rizzo Construtora e Incorporadora e o Moinhos Shopping. No local, a ação foi realizada das 10h às 16h. Mais 06 postos de coleta foram instalados no bairro, e permanecem até o dia 26/07. As peças serão entregues ao Comitê de Ação Solidária do Governo para distribuição.

Rotariano, faze sempre o bem
Sem olhar a quem
Em sua missão
Dando o mais nobre do seu coração
Dar de si antes de pensar em si
Tal é o fim e o ideal
Desta nossa instituição internacional
Em favor da comunidade
Sempre, sempre a trabalhar
Todos sentiremos um grande bem-estar

12 de jul de 2009

Bento Gonçalves

Estive em Bento Gonçalves na última semana, para participar da 40ª Convenção Estadual Lojista. Além da organização geral do nosso stand, participei da programação - que abordou temas como PDV e tendências da comunicação para o varejo -, e pude me espantar com a migalha de público do evento, considerada recorde em 05 anos. Além disso, pude conhecer mais a fundo alguns colegas da CDL POA e como se portam em viagens de negócios. Fiquei realmente encantada com alguns deles. Outros, não tive a oportunidade de me aproximar mais, apesar de achar que os conhecia bem. Estava enganada.
A cidade é linda, os vinhos são simplesmente maravilhosos, o povo é bonito, mas não tem o hábito de andar pelas ruas à noite. Quando quisemos informações sobre uma balada legal para desopilar e tomar um vinho, não havia ninguém para nos informar. Então, paramos numa praça, secamos a garrafa de vinho ali mesmo e acabamos pegando informação com o garçom da pizzaria da frente. Acabamos no Bangalô, com um monte de engravatados que saíram da Convenção e foram direto pra lá. Patético.