24 de out de 2007

Ele se foi sem que nos despedíssemos...

Fui até à rodoviária hoje. Fui lá para te dar um beijo, um abraço bem apertado e te desejar sucesso. Na verdade, mais que sucesso, fui até lá para te desejar PERSEVERANÇA. Acredito que seja normal sentir certo receio, afinal, esse “mundo novo” deve vir repleto de desafios e também de recompensa aos mais corajosos. Ousado tu já és para se aventurar assim em busca do teu destino. Mas perseverança, neste momento principalmente, é fundamental que tenhas sempre contigo. Talvez seja um pouco difícil ou cansativo no início, mas sei que a vida e a correria do dia-a-dia serão pequenas frente a tua disposição e aos teus sonhos.
Fui até à rodoviária para pedir que tu sejas forte como um riste e que não te machuques se algum detalhe não sair como tu planejas. Espero que aí encontres carinho e acolhimento, da mesma forma como te sentias em casa na minha. E, daqui a algumas semanas, quero notícias da tua vitória e da prosperidade que irá saborear por essas terras. É, PROSPERIDADE também é uma palavra legal para agora. A perspectiva de um cotidiano novo, em que os frutos serão colhidos com o tempo.
Bem, infelizmente não cheguei a tempo de te dizer tudo isso. “Ah, mas isso não vai ficar assim”, pensei. “Ele tem de saber que eu torço por ele, mas torço de verdade, sinceramente, e não apenas da boca para fora”. O “RP do século” reúne várias qualidades para se dar bem. Hum, considerando que o século acabou de começar, acho que tu ainda tens bastante tempo para brilhar.
Vai, amigo, menino prodígio em tantos sentidos. O pessoal de lá está sedento do teu talento. Um grande beijo já cheio de saudade.

8 comentários:

guto disse...

O bom uso do vocabulário e a ênfase aos substantivos pouco utilizados, faz o leitor significar vários sentimentos que, por vezes sente, e não explica. parabéns pelo texto, este curto momento descrito, rico em detalhes e sentimentos, que creio, não seria tão claro e marcante se partisse das teclas de outra autora. beijo...

Cíntia disse...

Gostei muito do texto. Um tanto melancólico. Ânimo que a tua vez chegará! Tu estás na reta final do curso. Termina logo esse trabalho de conclusão e deixa o mundo perceber que também está nascendo mais uma estrelinha na RP. Um beijão.

Thata disse...

Paulinhas! não li e nao vou ler agora!!

sh estou fazendo uso do espaço pra poder te xingar e falar da saudade q eu to sua cachorra!

E pra saber se dessa vez tu vai te formar? pq eu to com medo do rudimar nao querer mais q eu tente entregar a mono..fugi dele por mais de 1 mes hehehehe

entra em contato loka.

bjokas

Silvio Pilau disse...

Seja bem-vinda, dona Paula.

Beijo

Vanice disse...

Paulinha, parabéns!!!
Escreves muito bem, o texto prende quem está lendo, um misto de curiosidade com o gosto pela bpoa leitura!!!
Certamente irei acompanhar novos trechos por aqui.
Saudades de ti menina!
Beijocas!

Patrício disse...

Potó!

Terminei de ler isso chorando, viu? Pena que tu não conseguiu me encontrar. E eu estava sem telefone, se tu quisesse ligar...

Fico feliz de saber que tenho uma amiga tão especial assim como tu! E em breve tu vai estar aqui me visitando, quem sabe, até morando comigo.

Te amo S2

Um beijão!!!

Dinha disse...

EU SOU UMA FORMADORA DE OPINIÃO!
Hehehehe.... Brincadeira à parte tenho algumas coisas pra ponderar:
1. Eu sou suspeita, AMO blogs.
2. Tu escreves muito bem, não larga mais esse delicioso vício.
3. Tô roxa de saudades. Vamos programar algo "família" que o Yuri também quer te ver.
Te amo! Bj grande!

dorpho20 disse...

Eae Paulinha, curti esse esquema de blog, até estou pensando em criar um para mim!!!
Divertido isso.
Vou ver sempre tuas postagens, mjuito legal mesmo!


Bjoo