26 de jun de 2009

You won't ever be alone, King of Pop (29/08/1958 - 25/06/2009)

Michael dançava forte e lindamente. Sua equipe de bailarinos eternizou as batidas contagiantes de suas canções. Os videoclipes foram inovadores, megaproduzidos, verdadeiros espetáculos eletrônicos. Um artista e tanto.
Não espanta que tenha morrido do coração. O dele sempre pareceu enfraquecido. Iniciou sua carreira num grupo em que seus membros praticamente não tinham identidade própria. Como fã, prefiro acreditar que as especulações é que deram origem às polêmicas de sua vida, regadas e muito bem alimentadas pela mídia mundial.
Michael tinha a mente de um garoto. Um garoto aparentemente carente, que vivia sozinho na sua própria "Terra do Nunca". Uma triste fantasia escondida por detrás de portões gigantes feitos de ouro. Michael não pôde suportar tirarem a sua Neverland.
Cantor, compositor, ator, escritor, produtor, diretor, dançarino, instrumentista, estilista e empresário. E muito mais que isso. Um visionário, um vanguardista na música, na postura de palco e na produção eletrônica. E muito mais do que isso. Alguém cuja dança e estilo marcaram para sempre a história da música. E muito mais do que isso. Pelo menos, para mim.

Michael Jackson morreu nesta quinta-feira,
25 de junho de 2009, vítima de ataque cardíaco. Morre o astro e nasce o mito.

*** Em 45 anos de carreira, sendo 38 anos solo, o cantor lançou 12 álbuns gravados em estúdio: Got To Be There (1971), Ben (1972), Music and Me (1973), Forever, Michael (1975), Off the Wall (1979), One Day in Your Life (1981), Thriller (1982), Farewell My Summer Love (1984), Bad (1987), Dangerous (1991), History: Past, Present and Future – Book I (1995) e Invincicle (2001).

Mais 12 coletâneas e edições especiais foram lançadas: The Best Of (1975), Anthology (1995), History: Past, Present and Future – Book I (1995), Blood on the Dance Floor (1997), The Millennium Collection (2000), Greatest Hits: History – Vol 1(2001), Number One (2003), The Ultimate Collection (2004), The Essential (2005), Visionary: The Video Singles (2006), Thriller: 25th Anniversary Edition (2008) e King of Pop (2008).
Fonte: http://territorio.terra.com.br

No próximo dia 13 de julho, Jackson começaria em Londres a série de 50 shows daquela que seria sua última turnê. Os ingressos esgotaram em poucos minutos.

You Are Not Alone, do álbum History - Past, Present And Future - Book 1 (1995)

Um comentário:

Vane Gomes disse...

O dia mais triste do milênio!!!
Quando fiquei sabendo a 1ª pessoa em quem eu pensei foi tu...